Título:
Perfis

Editor(es):
F. Caruso & A. Troper

 

Os trinta e cinco artigos coligidos neste volume foram todos publicados, em diferentes épocas, na série Ciência e Sociedade do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF) e possuem uma característica comum: traçam Perfis de Homens de Ciência.
O título da série - criada pelo Prof. José Leite Lopes, em 1963 - , inegavelmente, espelha a preocupação humanística de um homem de Ciência; atributo cada vez menos valorizado - infelizmente - em um cientista, com a aproximação deste fim de século.
Talvez por termos convivido muitos anos com Leite Lopes tenhamos aprendido com ele (e certamente não fomos os únicos) a valorizar essa que deveria estar sempre entre as principais virtudes de um cientista. Outra seria a "teimosia" em dedicar toda uma vida para criar um ambiente científico no Brasil, necessário para que a Universidade se libertasse dos grilhões do mero academicismo descompromissado, contribuindo assim para que a Ciência não passasse ao largo de nossa costa. Ademais, em suas atitudes, não é raro identificarmos uma convicção profunda de que a memória da Ciência no Brasil é um legado a ser preservado e difundido, o que, em última análise, motivou-nos a editar Perfis.
Dedicamos, portanto, este livro a todos aqueles cientistas que, como o Prof. José Leite Lopes, não adotam uma postura meramente tecnicista vis a vis a Ciência e vêm buscando construir pontes a fim de que, em um país animista como o nosso, a Ciência se insira no contexto mais geral de nossa Cultura, assumindo, deste modo, a postura de um intelectual lato sensu. Resta-nos a sensação de que estes brasileiros, e em especial os aqui retratados, mereçam a escolha para este livro de um outro título mais apropriado: talvez, Perfis de Teimosia.
Para nós foi um grande prazer recolher, separar, mexer e remexer, ler e reler os papéis originais e depois ler, reler e corrigir as provas do material aqui coligido, porque, no decorrer desta tarefa, percebemos com maior clareza que, quase como dois alquimistas, estávamos, através deste trabalho repetitivo, mecânico, buscando mais do que compreender a tranformação da natureza através de aspectos particulares das obras científicas de nossos colegas. Estávamos, na verdade, buscando compreender a dimensão do processo de evolução espiritual e intelectual, intrínseco à atividade criadora, mas não apenas em cada um dos retratados, como também naqueles que os retratam. Este foi um convite irrecusável à introspecção e à reflexão sobre a nossa própria atividade científica. Desta forma, nos foi possível compreender melhor o significado da afirmação de que a Alquimia provoca ¾ ou visa a busca de ¾ uma tranformação intelectual do próprio alquimista. Será, portanto, para nós, motivo de grande satisfação se alguns leitores vierem a compartilhar deste nosso sentimento sincero.
A ordem de apresentação dos artigos corresponde àquela em que foram publicados em Ciência e Sociedade. Nenhum artigo que traçasse o perfil de um cientista foi omitido, mesmo se isto implicasse uma certa duplicidade de informação; tampouco foi traduzido qualquer artigo. Os textos foram todos digitalizados em TEX e os editores aproveitaram para fazer pequenas correções datilográficas encontradas nos originais, além de algumas adequações à ortografia vigente, sem com isto garantir que não possam ter introduzido outros erros. Neste caso, desde já, nos desculpamos com os autores.
Gostaríamos de agradecer a Susana Caride, pela revisão dos artigos em castelhano, e a Roberto Moreira Xavier de Araújo, pela sua paciente e inestimável ajuda nos estudos para a capa e na etapa de revisão final de todo o livro. A Gilvan Augusto Alves, a Roberto Alves Jr. e a Ronaldo Pires da Silva pelo fundamental auxílio na digitalização das imagens e a Creuza Maria Costa do Vale, Francisca Valéria Fortaleza de Vasconcelos e Maria do Socorro Costa do Vale pela dedicação e cuidado demonstrados no trabalho de datilografia. A Paulo Faria pelo incansável trabalho de elaboração da capa do livro. A Alfredo Marques, a Anibal Omar Caride e a Roberto Moreira Xavier de Araújo pelo constante incentivo. Finalmente, gostaríamos de externar nossos sinceros agradecimentos e apreço a todos os autores que brindaram a Ciência brasileira traçando com suas penas esses Perfis.

F. Caruso & A. Troper.

VOLTAR